Postagens

Mostrando postagens de maio, 2020

Tempos de Lendas

Tempos de Lendas

Barracão Literário: Verdades e Mentiras

Barracão Literário: Verdades e Mentiras : Verdades e Mentiras : Verdades e mentiras nunca estiveram tão presente quanto agora, o mundo avança em sua ignorância, e a humanidade bebe o...

Verdades e Mentiras

Verdades e Mentiras : Verdades e mentiras nunca estiveram tão presente quanto agora, o mundo avança em sua ignorância, e a humanidade bebe o veneno das maldades como se fosse um vinho chileno. Até quando? Por que somos degustamos o fel e dispensamo o mel, ainda será uma pergunta que fica sem resposta. Acessamos as redes sociais e ficamos ... Ler mais Verdades e Mentiras

Se Todos Pudessem Ler

Se Todos Pudessem Ler

Quando a nossa estrela some

Quando a nossa estrela some : Quando a nossa estrela some parece que somos abduzidos e colocados em um grande círculo de fogo, com várias portas de emergências, mas somente uma delas nos levará a nossa estrela, as demais são apenas moradias de monstros. O mais interessante é que quando ela começa a desaparecer não percebemos, talvez porque já estejamos tão ... Ler mais Quando a nossa estrela some

Barracão Literário: Cadê a Consciência?

Barracão Literário: Cadê a Consciência? : Cadê a consciência? Olá, mesmo esse site sendo destinado a literatura, preciso usá-lo para fazer uma alerta.Morto não escreve. Estamos em ...

Barracão Literário: Cadê a Consciência?

Barracão Literário: Cadê a Consciência? : Cadê a consciência? Olá, mesmo esse site sendo destinado a literatura, preciso usá-lo para fazer uma alerta.Morto não escreve. Estamos em ...

Cadê a Consciência?

Imagem
Cadê a consciência? Olá, mesmo esse site sendo destinado a literatura, preciso usá-lo para fazer uma alerta.Morto não escreve. Estamos em um momento crítico em que nada pode ser mais importante de que a vida. Era para ser assim desde o começo, o ator escreveu que a humanidade não deu certo, corajoso, inteligente e verdadeiro. A humanidade continua distorcendo a lógica e desafiando a vida. A ação de ignorar de essa pandemia e ainda promover aglomerações, é puramente irresponsável e criminosa, inaceitável sob todos os aspectos. Quem sai por aí de cara limpa fazendo média com sistemas ou pessoas ignorantes tentando encontrar a morte, não é um suicida. Porque o suicida tem a consciência de abdicar da própria vida, mas não inclui a vida dos outros no mesmo risco. Já quem em uma pandemia foge de suas responsabilidades sociais, e através de seus atos intempestivos pode contrair o vírus e levá-lo para o seu lar, é um assassino em potencial, hospedeiro silencioso da morte coletiva. Sofrerem

Barracão Literário: A Casa de Vidro

Barracão Literário: A Casa de Vidro : O barracão literário destaca o livro A Casa de Vidro, uma escrita fantástica e atraente onde podemos viajar no mundo imaginário através...

A Casa de Vidro

Imagem
O barracão literário destaca o livro A Casa de Vidro, uma escrita fantástica e atraente onde podemos viajar no mundo imaginário através da literatura, um livro bonito e recomendável. Livro físico e ebook  disponível no Amazon, com condições especiais A.L.Bezerra I. 1910 — A SENHORITA queria me ver? Eleanor olhou para a figura no meio da estufa abandonada, imóvel contra a luz que vinha dos vidros barrados de sujeira, mofo, musgo, teias de aranha e excrementos de pássaros. Há quanto tempo não abriam as portas daquele lugar? Ela sequer se lembrava se ainda havia uma chave. Tudo tinha sido trancado quando seu pai morrera e ela se casara. Quase quatro décadas depois, no entanto, nenhum vidro havia rachado; a estrutura de metal ainda estava intacta, a tinta verde descascando, mas nenhum sinal de ferrugem nos arcos que se cruzavam em cúpulas que imitavam as fortalezas dos marajás. O aparentemente frágil castelo de vidro que seu pai tinha erguido por capricho — que ele nunca soube admi