Invisível e Poderoso

Invisível e poderoso esse vírus que atacou o mundo, não sabemos ao certo se é ataque ou contra ataque porque a terra tem uma enorme dívida com o universo. Sentimos muito pelos inocentes que possivelmente sejam só crianças. Desde o princípio que luz e trevas travam um combate pelo domínio universal, e a Terra tem sido uma grande ponte para ambos. Parece inútil alertar que aqui é um planeta de reconstrução, mas esqueceram de controlar as entradas e por isso anjos e demônios caminham na mesma calçada.
Guerras, massacres e experiências sinistras, transformaram o planeta em terra de ninguém. E nesse cabo de força, o nó da corda saiu da linha divisória dando uma ligeira vantagem para o mundo escuro do medo e da incerteza, mesmo que exista uma resistência dos que se preocupam com a vida, precisarão de uma estratégia de reversão, caso contrário as consequências nos levará a tempos tempos tenebrosos.
Dirão, em momentos tão difíceis alguém ainda escreve de forma tão negativa e assustadora, onde o ideal seria falar de esperança. É, talvez, mas muito antes falaram em apocalipse, alguém se preocupou com essa possibilidade? Poucos, e muitos transformaram essa profecia em medo e se promoveram de forma indigna. Podemos aprender com esse novo desafio, os dinossauros eram enormes e foram extintos, o planeta sofreu um dilúvio e a raça humana sobreviveu, pela a graça. Mas continuaram desobedientes e pretensiosos, foram a lua, querem habitar em Marte, monitoram Saturno, e nem conhecem direito o planeta em que vivem, e já querem dominar o universo. Nada contra o desenvolvimento, mas se eu não souber administrar a minha própria casa, como vou orientar o vizinho na administração da casa dele.
Recentemente divulgaram que enviaram para a lua uma microscópica e estranha criatura conhecida como ursos d´água, os (Tardígrados) os animais mais resistentes da Terra. Por que eles teriam que irem para a lua? E se o coronavírus tiver sido enviado para a Terra! A ciência com seus promissores talentos precisavam investigar quem os mandou. Tão minúsculo quanto destrutivo, será também uma expedição planetária? Já desenvolvemos tantos monstros que possivelmente queiram saber sobre a nossa resistência de sobrevivência.
A humanidade precisa parar e olhar para seu próprio umbigo. Somos inteligentes, mas ainda não o suficiente para sermos humildes, isso também vais passar, teremos perdas mas a raça sobreviverá mais uma etapa de reconstrução. Resta saber se aprenderemos alguma coisa, ou se continuaremos a pensar que somos uma pedra de gelo no deserto, destacada e vulnerável.

A.L.Bezerra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sonho de Juventude

  De forma inesperada, encontrei-me em um salão de festas, onde pares giravam ao som da música e jovens solitários dançavam, abraçados às su...